domingo, 4 de outubro de 2009

Concertos do Passado , Bijou em Portugal , 1982


Portugal foi sempre um país simpático para os músicos franceses , fossem eles ou elas idolos dos teenagers ou músicos mais circunspectos. Desde os anos 60 (com a vinda da Sylvie Vartan , Adamo ....) até aos dias de hoje , a música francesa teve alguma expressão no mercado Português.
Nos anos 80 , Portugal teve a oportunidade de assistir aos melhores grupos rock de França exemplo , os Telephone (4 concertos na mesma tournee) , os Dogs (5 concertos na mesma tournee) e os Bijou (6 concertos).
Os Bijou surgiram na primeira leva dos grupos de Punk Rock/Pub rock (o pub-rock teve e tem grande impacto em França) franceses. Os Bijou editam o seu primeiro album em 1977 , "Danse avec moi" , na altura houve quem tenta-se introduzir os Bijou no seio do movimento Punk , mas nunca se afirmaram como tal , sonoricamente eram mais pub-rock do que Punk.
Seguiram os trilhos do pop rock , vulgo Powerpop , produzindo algumas boas canções.
Em 1982 chegará a vez de Portugal constatar o som dos Bijou , para que não houvesse queixas , os Bijou tocaram em 6 cidades , Aveiro , Guarda , Coimbra , Porto , Braga e Lisboa.

Os Bijou tiveram em Portugal talvez a sua única internacionalização no que concerne a edições discográficas , com o single "Bijou Bop" , com direito a capa única e com um lado B diferente "Rock a la Radio" , uma capa que suplanta a capa original francesa.


Bijou - Pas comme vous


3 comentários:

Hercules disse...

Boas,

Tenho o primeiro album deles! Infelizmente não tive oportunidade de vê-los ao vivo!
Na altura só pensava nas bandas oriundas do Reino Unido...ehehhe

Um abraço

ARISTIDES DUARTE disse...

Eu vi os BIJOU , ao vivo, em Coimbra (no Pavilhão dos Olivais), concerto incluído nesta tournée por Portugal. Não havia quase ninguém a vê-los.

jocksilver7 disse...

pois eu vi-os no Pav do Beira-Mar em Aveiro - já não arrastavam consigo a costela vagamente aparentada com Dr Feelgood/ Jam; se bem me lembro, estavam a fazer um certo crossover para os lados do rockabilly. Lembro-me de estar bastante gente - em termos relativos claro está -mas à porta até houve um certo pressing que quase levava a um riot ali mesmo improvisado - e o gov civil que só tinha mandado dois psps que estavam brancos como a cal da parede... eh eh eh